Quinta, 23 Maio 2019

Histórico

 

A Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil (RBSMI) / Brazilian Journal of Mother and Child Health (BJMCH) é um periódico de circulação internacional, publicado pelo IMIP com a missão de divulgar artigos científicos abordando a investigação da saúde da mulher, da gestante e da criança nas suas dimensões clínicas e epidemiológicas. Neste sentido está intimamente articulado com os mesmos objetivos do IMIP, sua Instituição patrocinadora.

          A RBSMI é a continuação da Revista do IMIP que foi editada ininterruptamente desde a sua fundação em 1987 até o ano 2000.

           A presença do Professor Fernando Figueira foi fundamental nestes empreendimentos, como Editor Médico e fundador da Revista do IMIP e grande incentivador da RBSMI. Esta ampliou o alcance da Revista do IMIP, tornando-o internacional.

          A RBSMI está aberta à pesquisadores na área de saúde de todo o mundo. A maioria dos artigos publicados tem sido oriunda não só do Brasil, como de toda a América Latina, Países Africanos de língua portuguesa, Portugal e Espanha.

          A seleção de cada artigo obedece rigorosamente ao seguinte procedimento:

          Tão logo recebido o manuscrito correspondente, é verificado por cheklist, o atendimento às exigências editoriais mínimas da Revista (missão, escopo e categoria do artigo) e então distribuído ao Editor de área que o submete à análise para parecer de dois Revisores Ad Hoc para avaliação do mérito científico. No caso de discordância entre seus pareceres, é solicitada a opinião de um terceiro revisor. A partir de seus pareceres e do julgamento dos Editores Associados e do Editor Executivo, o manuscrito recebe uma das seguintes classificações: 1) aceito; 2) recomendado, mas com alterações; 3) não recomendado para publicação. Na classificação 2 os pareceres são enviados ao(s) autor(es), que têm oportunidades de revisão e reenvio à Revista acompanhados de carta-resposta discriminando os itens que tenham sido sugeridos pelos revisores e a modificação realizada; na condição 3, o manuscrito é devolvido ao(s) autor(es); no caso de aceite, o artigo é publicado de acordo com o fluxo dos manuscritos e o cronograma editorial da Revista. Visto que a Revista adota o Sistema ScholarOne para administração do fluxo dos manuscritos, tendo claro conhecimento do processo, os autores podem acompanhar todas as etapas na editoração do seu artigo. É exigido dos autores uma versão em inglês do manuscrito além da versão em Português ou Espanhol.

Revisores de idioma corrigirão erros eventuais de linguagem. Antes da publicação do artigo a prova do manuscrito é submetida ao(s) autor(es) para conferência e aprovação final. O artigo só é publicado após a aprovação do texto pelo (s) autor (es).

Para o Gerenciamento dos manuscritos a RBSMI utiliza o site - ScholarOne (https://mc04.manuscriptcentral.com/rbsmi-scielo/).

O tempo médio de processamento até a publicação de cada artigo é de 6 meses.

Recebemos uma média de 120 manuscritos cada trimestre dos quais publicamos entre 9 e 12 artigos mantendo uma média de 7,7% de aceitação por cada edição.

A equipe de editoração é integrada por :

Editor chefe: João Guilherme Bezerra Alves

Editor executivo: José Eulálio Cabral Filho

Editores Associados: Alex Sandro Rolland

Ana Laura Carneiro G. Ferreira

Aurélio Ribeiro Costa

Lygia Carmen de M. Vanderlei

Maria Cynthia Braga

Editores Assistente: Amanda Barbosa de Lima

                                 Leila Regina Martins da Silva

Secretária: Natali Barbosa de Lima

 

O acervo da nossa Revista está disponível na Base SciELO (http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issues&pid=1519-3829&lng=pt&nrm=iso ) desde 2001 não havendo edições anteriores.

Houve vários fatores importantes para o Reconhecimento Nacional e Internacional da Revista, devendo-se salientar os seguintes:

1.    Total empenho do IMIP em manter o periódico com um nível elevado de qualificação;

2.    Busca pelo IMIP de profissionais consultores com expertise em publicações científicas no Brasil e no exterior;

3.    Total compromisso na manutenção de uma equipe de Editores Científicos habilitados nas áreas de escopo da Revista;

4.    Indexação da Revista desde o seu início na base Scientific Eletronic Library Online (SciELO) e a seguir 12 outras bases internacionais, inclusive a Scopus;

5.    Associação e participação ativa na Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC), da qual é sócia e integrou com um secretário geral durante 4 anos;

6.    Manutenção de um padrão uniforme de qualidade técnica e editorial (Layout, Formato, Pontualidade de publicação e regularidade do cronograma);

7.    Contato regular e atendimento às recomendações técnicas do SciELO;

8.    Empenho da Equipe de produção editorial com preparo técnico na área, e altamente integrada;

9.    Integração da Revista aos requisitos internacionais de boas práticas para editoração científica (aspectos éticos com respeito aos autores, e todos envolvidos na publicação: CCby, DOAJ, Orcid, etc.

10. Sendo certificada cientificamente pelas indexações nas Bases SciELO e Scopus, mantém um fator de impacto de 0.63 na primeira (ocupando um dos 5 primeiros lugares entre mais de 60 Revistas de Saúde ali indexadas). No Scopus tem um índice H no nível 18;

11. No ranking Qualis Capes é classificada com o B1 na área de saúde coletiva e enfermagem; B2 em educação física e psicologia; B3 em medicina III e nutrição.

 

Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira - IMIP
Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil
Rua dos Coelhos, 300 Boa Vista
Recife, PE, Brasil CEP: 50.070-902

Email:

revista@imip.org.br
+55 81 2122-4141